carregando...


Taboão da Serra, 19 de Setembro de 2018 - 27° C

4º encontro do Leitura Dramática apresentou a peça “O Anel de Magalão”

Leitura DramáticaGrupo União TeatralO Anel de MagalãoSecretarias

Atualizado em: 08/05/2018 16:05

A Prefeitura de Taboão da Serra, por meio da Secretária de Cultura e Turismo, em parceira com o grupo União Teatral promoveu o quarto encontro do Leitura Dramática no dia 30 abril, no Cemur. O evento tem o intuito de retomar as pesquisas e estudos sobre dramaturgia da comedia brasileira, além de estimular a pratica da leitura e restabelecer uma parceria com o público estudantil. O projeto acontece na ultima segunda-feira de cada mês.


A peça “O Anel de Magalão” foi contada com uma linguagem popular, tipos característicos que permeiam o imaginário do público. João Teité, especialista em “malas-artes”, tenta melhorar na vida a qualquer custo, mesmo que para isso precise enganar seu patrão e a mulher ou lançar mão de “poderes obscuros” para seduzir a filha-herdeira do patrão. Teité ainda conta com seu aliado, Matias Cão, que também tenta se dar bem de qualquer maneira. Outros personagens foram aparecendo ao longo da trama, como Fabrício e Rosaura, que não confessam sua paixão, uma vidente, um italiano muquirana e uma dupla de militares decadentes. Através de elementos da cultura popular, o espetáculo apresentou aspectos da nossa sociedade deixando evidente o tão famoso jeitinho brasileiro.


O autor da peça, Luís Alberto de Abreu, teve um papel importante por sua atuação pedagógica em núcleos de dramaturgia, na Escola Livre de Santo André e no projeto Oficinão do Galpão Cine Horto, em Belo Horizonte. Ele foi idealizador da Escola Livre de Cinema, Vídeo de Santo André e do Instituto Narradores de Passagem. Sua obra é tema de trabalhos acadêmicos e ensaios. Escreveu e publicou artigos nos quais abordava e elaborava as bases teóricas da própria criação, além de reflexões sobre o teatro contemporâneo em geral e a dramaturgia em especial.

 

Primeira etapa do projeto Leitura Dramática contemplou textos da comédia brasileira (Crédito: Rogério Gonzaga)


Participaram da primeira fase do Leitura Dramática, os atores Alexandre Matos, Heric Alvarez, Karol Piacentini, Ingryd Sena, Marcos Queiroz, Edilson Silva, Thiago Campói, Flavia D’Alima, Luis Bezerra, Kakau Diogo, Fernanda Foxx, Ney Rodrigues, Gilson Basilio, Viviane Neres, Andrea Neres, Diego Pires, Eddie Ferraz, Caíque Santana, Cristiana Duarte, Camila Durães, Gabriel Kadaj, Joselito Gaza, Jorge José, Maira Galvão, Ulysses Gonçalves, Lídia Sant’anna, Bibi Castilho, Valter Costa e Zhé Maria.


Os textos foram dirigidos pelo professor e diretor teatral, Ney Rodrigues. Nesta primeira fase do Leitura Dramática, foram escolhidos quatro textos do autor Luís Alberto de Abreu, abordando a comédia brasileira. Para a segunda etapa do projeto, que ocorrerá nos meses de maio, junho, julho e agosto, serão mais quatro textos dos autores Martins Pena, César Vieira, Lauro César Muniz e Sérgio Jockymann, falando sobre política. O próximo encontro acontece no dia 28 de maio, às 20h, no Cemur. 


União Central
O grupo União Teatral Taboão foi criando em 1997, e montou várias peças como “Este Ovo é um galo”, e “A Morte do Imortal”, de Lauro César Muniz, “A Torre em Concurso”, de Joaquim Manoel de Macedo”, além de projetos com alunos das Oficinas como “Quatro Vezes Martins Pena”. O grupo contabiliza 52 indicações e 38 prêmios, entre eles o Festival do Trabalhador, o IX Festival de Santo André e os festivais de Paraguaçu e Bragança Paulista.


Serviço:
5º Leitura Dramática – “Juiz de Paz na Roça”
28 de maio, às 20h
Cemur -  Praça Nicola Vivelechio, 334, bairro Jardim Bontempo
 

CRÉDITO IMAGENS: ROGÉRIO GONZAGA