carregando...


Taboão da Serra, 27 de Fevereiro de 2020

Agentes de Saúde se tornam aliados na busca ativa por trabalho infantil

assistência socialSaúdeparceriaagentes comunitáriostrabalho infantil

Atualizado em: 24/08/2017 15:08

A Prefeitura de Taboão da Serra está trabalhando para localizar no município crianças e adolescentes que são vítimas do trabalho infantil. Por isto, as Secretarias de Assistência Social e Cidadania e de Saúde se uniram em uma parceria para realizar a busca ativa destes jovens. A estratégia encontrada está sendo a capacitação de Agentes Comunitários de Saúde.


Os primeiros agentes a serem capacitados foram os ligados às UBSs Scândia/Jd. Panorama e Jardim Salete. No dia 17 de agosto, foi vez das agentes da UBS Margaridas receberem as orientações. À ocasião, servidores da Secretaria de Assistência Social explicaram o que é o trabalho infantil, os principais tipos de exploração - como o trabalho em lava-rápidos, serviço doméstico, vender balas e fazer malabares em faróis, além de abordar os prejuízos para a saúde física e mental dos jovens que são vítimas. 


De acordo com a Secretaria de Assistência Social, Arlete Silva, esta parceira é fundamental. “Os Agentes Comunitários de Saúde trabalham e vivem no território, por isto, podem ajudar muito na identificação destas crianças e adolescentes, inclusive as que se encontram em situação de trabalho infantil doméstico, muito comum ainda no Brasil e em Taboão”, comenta Arlete Silva.


O assistente social da prefeitura e membro da Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil (COMETI), Wagner Eckstein, reforça que o fato de um jovem auxiliar nos afazeres de casa não significa que ele esteja em situação de trabalho infantil. “Uma coisa é a criança e o adolescente que auxilia no serviço doméstico esporadicamente. Outra coisa é aquele jovem que, por algum motivo, é obrigado a assumir as funções de um adulto”, explica. “Nosso intuito é localizar os jovens que estão nesta segunda situação e, assim, auxiliar ele e sua família a romper com o ciclo da pobreza”, conclui Eckstein.

Capacitação dos agentes da UBS Margaridas aconteceu em 17 de agosto.


Além dos Agentes Comunitários de Saúde, participaram do encontro: a diretora da UBS Margaridas Melina Lopes Simião Sevilhano; servidoras do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) Scândia; e funcionárias do Serviço de Abordagem Social (SEAS) ligado ao Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS). 


O que é o trabalho infantil?
Trabalho infantil é toda atividade econômica e/ou de sobrevivência realizada por crianças ou adolescentes com idade inferior a 16 anos. No Brasil o trabalho infantil é proibido para jovens com menos de 14 anos. A partir desta idade só é permitido na condição de Jovem Aprendiz.


O trabalho infantil dificulta o rendimento e a frequência escolar, expõe as crianças e adolescentes a situações perigosas, insalubres e prejudica a saúde. Além de gerar cansaço e amadurecimento precoce, a exploração do afasta estes jovens do direito de brincar e viver o lúdico que são fundamentais para o um bom desenvolvimento psicológico. 


DENUNCIE
O morador de Taboão da Serra que ver crianças e adolescentes trabalhando, seja em serviço externo ou um trabalho doméstico deve denunciar a situação ligando para o Conselho Tutelar (11) 4786-4815 ou para o Serviço de Abordagem Social do CREAS (11) 4139-1105 ou (11) 4138-7155.


Serviço:
Conselho Tutelar de Taboão da Serra
Avenida Doutor José Maciel, 273, Jardim Maria Rosa
Tel.: (11) 4786-4815 ou (11) 94147-7875.

Serviço de Abordagem Social do CREAS
Rua Milton Martins Moura x Rua Felice Del Paggio, 100, Vila Francisco Remeikis.
Tel.: (11) 4138-7155.

Secretaria de Assistência Social e Cidadania
Rua Luís Carlos Ventura, 79, Jardim Pirajuçara
Tel.: (11) 4138-8040.