carregando...


Taboão da Serra, 17 de Janeiro de 2020

Aniversário de 60 anos de Taboão da Serra terá programação especial

Aniversário60 anosprogramaçãoSão Paulo Companhia de DançaSecretarias

Atualizado em: 11/02/2019 17:02

Taboão da Serra completa, no próximo dia 19 de fevereiro, 60 anos desde a emancipação. Para comemorar, a Prefeitura promoverá, de 16 a 24 de fevereiro, atividades variadas como dança, música, teatro, missa e culto em celebração ao Jubileu de Diamante. A principal atração é a apresentação da São Paulo Companhia de Dança, corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Associação Pró-Dança e dirigida por Inês Bogéa. Todas as atrações da programação são gratuitas.

As comemorações começam neste sábado, 16 de fevereiro. Das 8h às 11h, no Ginásio de Esportes Zé do Feijão, haverá aulão de Zumba e Ritmos. Para participar é só comparecer no horário com roupa esportiva. Já às 16h, no Ginásio Ayrton Senna haverá teatro musical dos espetáculos infantis “Masha e o Urso” e “Frozen”. Os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início do espetáculo.

No domingo, 17, a São Paulo Companhia de Dança se apresenta, às 18h, no Cemur. Foram disponibilizados mil ingressos que serão distribuídos na hora do espetáculo. Na programação estão “Suíte de Raymonda (2017)”, de Guivalde de Almeida a partir do original de 1898 de Marius Petipa; Pas de deux de O Cisne Negro (2014) de Mario Galizzi a partir do original de 1895 de Marius Petipa (1818-1910); e Pivô (2016) com coreografia de Fabiano Lima. 

Na terça-feira, 19, às 19h30, haverá missa solene do Santuário Santa Terezinha. Na quarta, 20, às 19h30, os alunos das oficinas de cultura acompanharão o espetáculo circense “Irmãos Carreto”, da Trupe DuNavô, no Cemur. Na sexta-feira, 22, às 19h, acontece um Ato Profético na Praça Nicola Vivilecchio e, às 19h30, culto “Taboão 60 anos – Comunhão e Gratidão” no Cemur.

No sábado, 23, às 8h, na Arena Multiuso haverá Masterclass de Zumba seguido de aula de Yoga e às 19h30, no Cemur, acontece o recital da Associação Músicos do Futuro.

 


Programação:
16/02 - 8h – Aulão de Zumba e Ritmos, no Ginásio de Esportes Zé do Feijão.
16/02 - 16h – “Masha e o Urso” e “Frozen”, no Ginásio de Esportes Ayrton Senna.
17/02 - 18h – Espetáculo da São Paulo Companhia de Dança, no CEMUR
19/02 – 19h30 – Missa Solene no Santuário Santa Terezinha
20/02 – 19h30 – Espetáculo circense “Irmãos Carreto”, da Trupe DuNavô, no Cemur.
22/02 – 19h – Ato profético na Praça Nicola Vivilecchio
22/02 – 19h30 – Culto evangélico no Cemur
23/02 – 8h – Masterclass de Zumba e aulão de Yoga, na Arena Multiuso;
23/02 – 19h30 – Recital da Associação Músicos do Futuro, no Cemur.
 

Endereços:

Arena Multiuso - Estrada Tenente José Maria da Cunha, 521 - Jardim Record.
Cemur – Praça Nicola Vivilechio, 151 - Jardim Bom Tempo
Ginásio de Esportes Ayrton Senna - R. José Francisco dos Santos, 120 - Jardim Helena
Ginásio de Esportes Zé do Feijão - Estrada Kizaemon Takeuti, 1950 - Jardim Roberto
Santuário Santa Terezinha - R. Thereza Maria Luizetto, 42 - Vila Santa Luzia

São Paulo Companhia de Dança se apresenta, às 18h, no Cemur. (Crédito: Wilian Aguiar)

 

SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA
Direção Artística | Inês Bogéa


Criada em janeiro de 2008, a São Paulo Companhia de Dança (SPCD) é um corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Associação Pró-Dança e dirigida por Inês Bogéa, doutora em Artes, bailarina, documentarista e escritora. A São Paulo é uma Companhia de repertório, ou seja, realiza montagens de excelência artística, que incluem trabalhos dos séculos XIX, XX e XXI de grandes peças clássicas e modernas a obras contemporâneas, especialmente criadas por coreógrafos nacionais e internacionais. A difusão da dança, produção e circulação de espetáculos é o núcleo principal de seu trabalho. A SPCD apresenta espetáculos de dança no Estado de São Paulo, no Brasil e no exterior e é hoje considerada uma das mais importantes companhias de dança da América Latina pela crítica especializada. Desde sua criação, já foi assistida por um público superior a 660 mil pessoas em 17 diferentes países, passando por mais 136 cidades, em mais de 860 apresentações. Desde sua criação, a Companhia já acumulou 21 prêmios, nacionais e internacionais. Além da Difusão e Circulação de Espetáculos, a SPCD tem mais duas vertentes de ação: os Programas Educativos e de Formação de Plateia e Registro e Memória da Dança.

INÊS BOGÉA - Direção Artística | Inês Bogéa é doutora em Artes (Unicamp, 2007), bailarina, documentarista, escritora e professora no curso de especialização Arte na Educação: Teoria e Prática da Universidade de São Paulo (USP). De 1989 a 2001, foi bailarina do Grupo Corpo (Belo Horizonte). Foi crítica de dança da Folha de S. Paulo de 2001 a 2007. É autora de diversos livros infantis e organizadora de vários livros. Na área de arte-educação foi consultora da Escola de Teatro e Dança Fafi (2003-2004) e consultora do Programa Fábricas de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado (2007-2008). É autora de mais de quarenta documentários sobre dança.