carregando...


Taboão da Serra, 18 de Outubro de 2018 - 21° C

Cultura realizou o 2º Leitura Dramática de 2018 sobre a comédia brasileira

Leitura DramáticaCemurSecretarias

Atualizado em: 02/03/2018 10:03

Com o objetivo de retomar as pesquisas e estudos sobre dramaturgia da comedia brasileira, além de estimular a pratica da leitura e restabelecer uma parceria com o público estudantil, a Prefeitura de Taboão da Serra, através da Secretária de Cultura e Turismo, realizou o 2º encontro do Leitura Dramática na noite da última quinta-feira, 1º de março, no Cemur, localizado na praça Nicola Vivelechio, no bairro Jd. Bontempo.


A peça conta as aventuras e golpes de dois malandros, João Teitê e Cão Matias, que se travestem de militares e fazem a pequena cidade do interior acreditar que está acontecendo uma revolução no país, com muita confusão e bom humor. A obra literária buscou adaptar a comédia italiana aos tipos nacionais como Mazzaropi e Jeca Tatu, com críticas ao descaso político.


O autor Luís Alberto de Abreu teve um papel importante por sua atuação pedagógica em núcleos de dramaturgia, na Escola Livre de Santo André e no projeto Oficinão do Galpão Cine Horto, em Belo Horizonte. Ele foi idealizador da Escola Livre de Cinema, Vídeo de Santo André e do Instituto Narradores de Passagem. Sua obra é tema de trabalhos acadêmicos e ensaios. Escreveu e publicou artigos nos quais abordava e elaborava as bases teóricas da própria criação, além de reflexões sobre o teatro contemporâneo em geral e a dramaturgia em especial.


A direção geral foi de Ney Rodrigues, a produção Kakau Diogo, participaram do grupo de pesquisa Jorge José, Valter Costa, Zhé Maria, Eddie Ferraz e Ney Rodrigues. Os atores foram: Gilson Basílio, Heric Alvarez, Fernanda Foxx, KarolPiacentini, Viviane Neres, Andréa Neres, Diego Pires, Eddie Ferraz, Caique Santana, Luís Bezerra, Cristiana Duarte, Camila Durães, Edilson Silva e Thiago Campoi.


As leituras dramáticas irão acontecer na última segunda-feira de cada mês. O próximo encontro acontece no dia 26 de março, também no Cemur e será realizada a leitura da obra “Auto da Paixão e da Alegria”, do autor Luís Alberto de Abreu.


Serviço:
Leitura Dramática – “Auto da Paixão e da Alegria”
26 de março, às 20h
Cemur- Praça Nicola Vivilechio, 151, Jardim Bontempo