carregando...


Taboão da Serra, 02 de Abril de 2020

Inscrições abertas para oficinas gratuitas de Dança e de Teatro de Rua

inscrições abertasoficina. dançateatro de ruagratuitográtis

Atualizado em: 30/10/2019 17:10

A Poiesis Organização Social de Cultura - Programa Oficinas Culturais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo em parceria com a Secretaria de Cultura de Taboão da Serra, realizará gratuitamente duas oficinas de formação de Dança e Teatro de Rua para artistas e interessados em geral. As oficinas são gratuitas com vagas limitadas.


A oficina de Teatro de Rua será ministrada por Marcelo Roya nos dias 8, 22 e 29 de novembro, das 14h às 18h, na Arena Multiuso de Taboão da Serra. A atividade tem como intento provocar, sensibilizar e instrumentalizar sobre a atuação na rua, com treinamentos e jogos de expressão e expansão corporal, relacionando-os com a arquitetura dos espaços, texturas e climas.

 

A oficina de dança intitulada “Investigações Coreográficas” ministrada por Claudia Palma acontecerá no dia 6/12, das 9h às 18h, na Escola de Bailado. A oficina propõe modos de provocar, instigar e desestabilizar o corpo levando-o ao risco e mapeando suas consequências físicas e sensoriais. Desestabilizar por meio do desequilíbrio, entender a queda como um propulsor de novos movimentos, encontrar saídas para se reorganizar: a proposta é deixar o improviso fluir a partir desse pressuposto.

 

As oficinas são gratuitas com vagas limitadas. (CRÉDITO: CLAUDIO HIGA)

 

As inscrições poderão ser feitas diretamente na escola de Bailado ou através do e-mail: ricardo.correa@taboaodaserra.sp.gov.br. No ato da inscrição o candidato deverá informar nome completo, Rg, telefone, e-mail de contato. 

 

SERVIÇO:
OFICINA DE TEATRO DE RUA (TABOÃO DA SERRA)
Coordenação: Marcelo Roya
8 a 29/11 – sextas-feiras - 14h às 18h
Público: interessados em geral
Inscrições: 17/10 a 7/11
Seleção: Por ordem de Inscrição
Vagas: 25
Indicação: maiores de 16 anos
Local: Arena Multiuso - Estrada Tenente José Maria da Cunha, 521 - Jardim Record - Taboão da Serra/SP

CURRICULO MARCELO ROYA 
Marcelo Roya é ator e artista circense. Formado na Escola Livre de Teatro de Santo André - ELT, integrou e atuou na Carpintaria de Teatro Infantil com espetáculo “O Mágico de Nóis” - direção de Van Caires. Cursou o Núcleo de Mascaras na ELT com orientação de Cuca Bolaffi. Cursou o Taller Retíro – 5 principios para un comienzo, orientação Sergio Mercurio, em Buenos Aires. Oficinas de curta duração com palhaços, pesquisadores da Commedia Dell Arte e biomecânica. No Núcleo Pavanelli de Teatro de Rua e Circo atuou nos espetáculos: "Aqui Não Senhor Patrão", "O Básico do Circo", "Pinta de Palhaço", "Dia de Benedito" e "Casamento na roça" (dir.: Marcos Pavanelli) por várias cidades do Brasil. Estudou musicalização com Charles Raszl (Barbatuques), circo-teatro com Fernando Neves (Cia. Os Fofos), danças populares com Karla Magalhães, percussão com Luis Bastos, cenopoesia com Ray Lima e Junio Santos, cortejo com Romualdo Freitas e dramaturgia do ator com Calixto de Inhamuns. Como circense tem habilidades em acrobacia, malabares, palhaço, perna-de-pau e pirofagia. Hoje integrante do bando “GoliardXs” com inicio em março de 2015.

 

OFICINA: INVESTIGAÇÕES COREOGRÁFICAS (TABOÃO DA SERRA)
Coordenação: Claudia Palma
6/12 – sexta-feira - 9h às 18h
Público: dançarinos e interessados em dança.
Inscrições: 13/11 a 5/12
Vagas: 25
Indicação: maiores de 16 anos
Local: Escola Municipal de Bailado - Rua Levi de Souza e Silva, 33 - Jardim Bom Tempo - Taboão da Serra/SP

CURRICULO CLAUDIA PALMA
Claudia Palma é diretora artística da iN SAiO Cia de Arte,Companhia independente da Cidade de São Paulo, coreógrafa e professora de dança contemporânea. Atuou em grandes companhias, como Cisne Negro, Balé da Cidade de São Paulo, Cia 1 e Cia 2, Republica da Dança e Casa Forte. Professora do curso de Pós graduação Dança consciência corporal,Estácio de Sá, FMU e USCS. Foi coordenadora da equipe do Programa Vocacional Dança até 2017. Desenvolve em suas práticas corporais proposições da fisicalidade que promovem modos singulares dos intérpretes