carregando...


Taboão da Serra, 21 de Julho de 2018 - 16° C

Novo Plano de Cargos e Carreiras da GCM é aprovado

GCMplano de cargoscarreiranova redaçãoSegurança e Defesa Social

Atualizado em: 21/12/2017 11:12

Na manhã da quinta-feira, 14 de dezembro, a Câmara Municipal de Vereadores aprovou do projeto de lei encaminhado pela Prefeitura de Taboão da Serra, que altera o Plano de Cargos e Carreiras da GCM. A nova redação tem como o objetivo corrigir o estatuto anterior, possibilitar a evolução dos guardas através de cursos de qualificação e titulação, além do aumento do salário inicial da corporação. A nova lei entra em vigor a partir de 1º de janeiro de 2018.

A nova lei valoriza o trabalho da corporação, ajuda na capacitação e qualificação dos guardas, além da evolução da carreira. O projeto foi apresentado pelo secretário de Gestão de Pessoas, Gilmar Leone, e discutido no dia 11 de dezembro, durante audiência pública da Comissão de Segurança na Câmara Municipal, que teve a presença dos guardas e alguns vereadores. Com a aprovação do plano de Cargo e Carreira, o salário inicial da GCM passará de R$ 1.200,00 para R$ 1.800,00.

De acordo com o comandante da GCM, Sandro Léo, o novo plano de cargos e carreiras garante a evolução da carreira da corporação. “Esse será um dos legados que deixaremos para as novas gerações”, disse.

O novo plano de carreira ajuda na evolução vertical e na horizontal funcional, aumento do salário inicial, além de oferecer cursos de titulação e qualificação (graduação, pós-graduação ou doutorado) e a cada dois anos os guardas terão o reenquadramento dentro da corporação.

Em 2013, a Guarda Civil Municipal contava com um efetivo de 124 GCMs. Atualmente, a corporação conta com 231 guardas entre homens e mulheres. A prefeitura vem investindo na área da segurança, com a aquisição de novos coletes balísticos, novos uniformes, 14 novas viaturas e seis novas motocicletas para a ROMUCAM (Rondas Municipais com Apoio de Motocicletas).

A prefeitura instalou seis novas bases móveis e duas bases fixas da GCM, criou a ROMU (Ronda Ostensivas Municipais) e adquiriu sete novos decibelímetros para medir a intensidade de sons e ruídos.A Secretaria de Segurança e Defesa Social restaurou as câmeras de segurança e criou um Centro de Gerenciamento de Crise. Além da Lei 2173/2013, também conhecida como “Pancadão, Não!”, a pasta instituiu lei contra o descarte irregular de lixo.