carregando...


Taboão da Serra, 02 de Outubro de 2022

Prefeitura incentiva amamentação com Ambulatório de Aleitamento Materno

Saúde

Atualizado em: 01/08/2022 12:08

Serviço gratuito realiza acolhimento e atendimento de mães que enfrentam dificuldades para amamentar seus bebês

 

Mães e bebês de Taboão da Serra contam com o Ambulatório de Aleitamento Materno, um serviço da Secretaria Municipal de Saúde que oferece atendimentos gratuitos para quem está com dificuldades na amamentação. Os encontros acontecem toda sexta-feira, às 07h30, na Unidade Básica de Saúde (UBS) Clementino (Rua Tsuruki Tsuno, 104, Jardim Clementino).

O Ambulatório de Aleitamento Materno está disponível para todos os munícipes de Taboão da Serra. Os pacientes tanto podem ser encaminhados pelos profissionais da rede municipal de saúde, que durante os atendimentos identificam alguma dificuldade no aleitamento, quanto por demanda espontânea.

“O ambulatório deve ser procurado pelos munícipes em qualquer dificuldade na amamentação, seja em questões da mãe, como mamas empedradas, fissuras, humor deprimido ou dores ao amamentar, como também em situações relacionadas ao bebê, como confusão de bico, baixo peso, disfunção oral, frênulo alterado, entre outras situações”, explica a psicóloga Vivian Rocha, do Ambulatório de Aleitamento Materno.

 




Além da psicóloga, os pacientes do Ambulatório de Aleitamento Materno contam com outras duas profissionais, a odontopediatra Dra. Cristina Pedro e a fonoaudióloga Natalia Freitas de Alexandria Rea.

Além dos acolhimentos e orientações aos pacientes, as profissionais realizam alguns procedimentos para evitar o desmame precoce e viabilizar a amamentação, como o teste da linguinha, com o qual verificam se a língua ou o lábio do bebê estão “presos” e impedindo os movimentos necessários para sugar o leite materno. Se houver alteração, é realizada a frenectomia, uma cirurgia que remove o freio lingual ou labial e possibilita a sucção do leite.

O secretário de Saúde, José Alberto Tarifa, ressalta a importância do Ambulatório. “Sabemos que muitos são os fatores para que a amamentação seja um sucesso, mas através do Ambulatório de Aleitamento Materno a população de Taboão da Serra tem o apoio e as orientações necessárias para evitar o desmame precoce e garantir que a amamentação aconteça”, afirma.

Agosto Dourado
A campanha Agosto Dourado foi criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para simbolizar a luta pelo incentivo à amamentação. A cor dourada está relacionada ao padrão “ouro” de qualidade do leite materno, um alimento rico em anticorpos, vitaminas, proteínas e demais nutrientes necessários e essenciais para que as crianças se desenvolvam de forma saudável.

A OMS recomenda o aleitamento materno até dois anos ou mais das crianças, sendo exclusivo nos primeiros seis meses de vida.

Semana Mundial da Amamentação
De 01 a 07 de agosto acontece a 31ª Semana Mundial de Aleitamento Materno, que este ano tem como tema “Fortalecer a Amamentação - Educando e Apoiando”. A temática e a semana é proposta pela World Alliance for Breastfeeding Action (WABA), em português, Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno.

O apoio ao aleitamento materno envolve muitos protagonistas e níveis. As mulher precisam de apoio do serviço de saúde, do local de trabalho e da comunidade para amamentar de forma otimizada, progredindo de um nível para outro. Isso é chamado apoio numa cadeia de calor para amamentação.

O tema da 31ª Semana Mundial de Aleitamento Materno será abordado através de quatro eixos: Informar, Vincular, Engajar e Estimular.
- Informar pessoas sobre o seu papel fortalecendo a cadeia de calor de apoio à amamentação;
- Vincular a amamentação como parte de boa nutrição, segurança alimentar e redução das desigualdades;
- Engajar pessoas e organizações ao longo da cadeia de calor de apoio para amamentação;
- Estimular ações de fortalecimento da capacidade de protagonistas e sistemas para a mudança transformacional.

Serviço:
Ambulatório de Aleitamento Materno

UBS Clementino – Rua Tsuruki Tsuno, 104, Jardim Clementino
Telefone: (11) 4701-7241
Atendimentos: Toda sexta-feira, às 07h30