carregando...


Taboão da Serra, 24 de Julho de 2019

Taboão da Serra ganha novo abrigo municipal

assistência socialCidadaniaabrigo municipalcriançasadolescentes

Atualizado em: 26/05/2017 16:05

A Prefeitura de Taboão da Serra, através da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, inaugurou na quinta-feira, 25 de maio, o Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças “Almério Lima Leite” (SAICA). O local, onde antes funcionava o Instituto Asas Brancas, agora é um abrigo municipal que atende mais de 20 crianças e adolescentes de 0 a 17 anos e 11 meses que se encontram em situação de vulnerabilidade social.


De acordo com a Secretaria de Assistência Social e Cidadania, Arlete Silva, a Prefeitura de Taboão da Serra não mediu esforços para adequação do espaço. “Após a reintegração de posse, realizada em abril deste ano, iniciamos a reforma deste espaço e a Secretaria de Manutenção foi nossa parceira neste processo. Utilizamos recursos próprios para que, a partir desta tarde (25/05), nossos jovens tenham um novo local para viver”, ressaltou.


No SAICA não será apenas um lar provisório, mas também receberá novos projetos preventivos, como atividades esportivas, recreativas, profissionalizantes e culturais. Os projetos serão desenvolvidos com os jovens acolhidos e em parceria com demais Secretarias Municipais.


Como funciona o SAICA?
Inaugurado no Dia Nacional da Adoção, o SAICA é responsável por acolher provisoriamente crianças e adolescentes que, por algum motivo, tiveram seus vínculos familiares rompidos e, por determinação judicial, precisaram ser retiradas de casa. Cabe à equipe multidisciplinar do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) tentar reestabelecer este vínculo a fim de que estes jovens possam voltar ao seio familiar.


A cada seis meses o Judiciário realiza audiências concentradas na qual define se a família está apta ou não a receber novamente estes jovens. Em caso positivo, às crianças e adolescentes voltam ao convívio familiar. Caso contrário, permanecem no abrigo por mais um período e, em última instância, são encaminhadas para adoção.


Enquanto estão no SAICA, os jovens mantem suas rotinas de estudos e recebem atendimento médico e psicológico. Vale ressaltar que todos os alimentos, roupas, materiais de limpeza e de higiene íntima são custeados pela Prefeitura. O local conta com seis quartos femininos, seis quartos masculinos, berçário, lactário, refeitório, sala de convivência, além de espaço para atividades.
 

Veja mais fotos do espaço: