carregando...


Taboão da Serra, 20 de Outubro de 2021

Taboão da Serra vacina novos públicos contra a Covid-19

vacinaçãocovid-19novos públicosSaúde

Atualizado em: 14/05/2021 12:05

Moradores com a faixa etária, comorbidades ou deficiências precisam apresentar obrigatoriamente comprovante da condição de risco por meio de exames, receitas, relatório ou prescrição médica


A Secretaria de Saúde de Taboão da Serra está seguindo o cronograma de vacinação contra a Covid-19 estipulado pelo Governo do Estado de São Paulo. Por isso, nesta sexta-feira, 14/05, o município iniciou a vacinação de pessoas com deficiência permanente (BPC) e de pessoas com comorbidades, em ambos os casos com idades entre 50 e 54 anos. A vacinação acontece nas 12 Unidades Básicas de Saúde e apresentar comprovante de endereço, cartão do SUS e documento de identificação com foto. É desejável cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br.

O secretário de Saúde, Dr. José Alberto Tarifa, ressalta a obrigatoriedade de apresentar documentação. “Para pacientes com as comorbidades e dentro da faixa etária é obrigatório apresentar comprovante da condição de risco por meio de exames, receitas, relatório ou prescrição médica”.

Taboão da Serra segue como o município do Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo que mais aplicou doses da vacina. De acordo com a plataforma Vacinômetro, do governo estadual, já foram aplicadas 68.308 doses, sendo 44.436 pessoas que receberam a primeira dose e 23.872 a segunda.

Na segunda-feira, 17/05, conforme orientação do Governo do Estado, o município retoma a vacinação contra a Covid-19 de gestantes e de puérperas (até 45 dias após o parto) com comorbidades maiores de 18 anos. Para receber a dose da vacina, é necessário comprovar estado gestacional e, no caso das puérperas, apresentar declaração do nascimento da criança.

Na terça-feira, 18/05, será a vez dos motoristas e cobradores de ônibus receberem a primeira dose do imunizante. É preciso apresentar documento que comprove vínculo empregatício para ser vacinado.

Já na sexta-feira, 21/05, começa a imunização de pessoas com comorbidades e de pessoas com deficiência permanente (BPC) com idade entre 45 e 49 anos.

Vacinações em andamento
Na segunda-feira, 10/05, Taboão da Serra iniciou a vacinação de pessoas de 18 a 59 anos com síndrome de down, pacientes renais em diálise e transplantados imunossuprimidos.

Na terça-feira, 11/05, começou a imunização contra a Covid-19 de pessoas com deficiência permanente (BPC) com idade entre 55 a 59 anos, metroviários e ferroviários.

Já na quarta-feira, 12/05, inicia a vacinação de pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos. 
  

Relação de comorbidades definidas pelo Ministério da Saúde:

  • Doenças Cardiovasculares
    • Insuficiência cardíaca (IC)
    • Cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e Hipertensão pulmonar
    • Cardiopatia hipertensiva
    • Síndromes coronarianas
    • Valvopatias
    • Miocardiopatias e Pericardiopatias
    • Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
    • Arritmias cardíacas
    • Cardiopatias congênitas no adulto
    • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
  • Diabetes mellitus
  • Pneumopatias crônicas graves
  • Hipertensão arterial resistente (HAR)
  • Hipertensão arterial – estágio 3
  • Hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade
  • Doença Cerebrovascular
  • Doença renal crônica
  • Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer)
  • Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves)
  • Obesidade mórbida
  • Cirrose hepática

Serviço:
Cronograma de Vacinação contra a Covid-19 em Taboão da Serra

  • 14/05 - Pessoas com deficiência permanente (BPC) entre 50 e 54 anos
  • 14/05 - Pessoas com comorbidades entre 50 e 54 anos
  • 17/05 - Gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com comorbidades maiores de 18 anos
  • 18/05 - Motoristas e cobradores de ônibus
  • 21/05 - Pessoas com comorbidades entre 45 e 49 anos
  • 21/05 - Pessoas com deficiência permanente (BPC) entre 45 e 49 anos