carregando...


Taboão da Serra, 20 de Outubro de 2021

Respeito e Responsabilidade. Pratique no trânsito! É o que pede o Maio Amarelo 2021

Maio Amarelocampanhaconscientizaçãotrânsito seguroTransportes e Mobilidade Urbana

Atualizado em: 07/05/2021 16:05

A Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana (SETRAM) de Taboão da Serra aderiu à ação com o intuito de diminuir os casos de acidentes de trânsito


Desde 2014, ano de lançamento do Movimento, o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária (ONSV), que é uma instituição social sem fins lucrativos, se dedica a desenvolver ações que contribuam de maneira efetiva para a diminuição dos elevados índices de acidentes no trânsito no País.

Preocupado com os dados alarmantes divulgados anualmente, um grupo de profissionais multidisciplinares decidiu reunir todo o seu conhecimento, experiência e motivação em um único projeto grandioso e desafiador: mobilizar a sociedade em prol de um trânsito mais seguro.

Na 3ª Conferência Global de Segurança Viária, promovida pela ONU/OMS, realizada na Suécia, em fevereiro do ano passado, eles atualizaram o total de mortes no trânsito: 1,35 milhão de pessoas perdem a vida a cada ano no mundo todo. O último dado de mortes ocorridas no Brasil, disponibilizado pelo Ministério da Saúde e compilados pelo OBSERVATÓRIO, registrou em 2019, 31.945 vidas perdidas. Esse é o número mais baixo desde 2001.

Vários são os fatores que estão fazendo o total de mortes por sinistros de trânsito diminuírem ano após ano no Brasil. Entre eles, o Maio Amarelo, que tem contado com a mobilização da sociedade durante o mês de maio.

Por isso, é tão importante que o engajamento continue, mesmo nesse ano, quando as ações deverão ficar dentro do ambiente virtual. Por isso, é tão fundamental angariar mais parceiros para a causa, afinal, enquanto apenas um pedestre, ciclista, motorista, passageiro ou motociclista estiverem desrespeitando as regras, todos nós estaremos em risco.

A Coordenadora de Estatística e Educação no Transito (COEST) da Prefeitura de Taboão da Serra, Michele Oliveira explicou que o Maio Amarelo tem grande importância como ação educativa. “Somente aqui no município de Taboão da Serra nos últimos anos, 103 pessoas perderam a vida em acidentes, sendo 80% das vítimas homens, 37 foram em decorrência de atropelamento, 57 destes acidentes foram em nossas vias municipais”.

  
Michele conta ainda que 50% das vítimas morreram em hospitais, o que acaba elevando as despesas hospitalares, e que os números poderiam ser ainda mais alarmantes se as estatísticas também não registrassem apenas casos fatais. “O objetivo do Maio Amarelo é informar a população em relação aos altos índices de acidentes, pois as estatísticas apontam as vítimas fatais, infelizmente não temos os dados das pessoas que se tronaram inválidas em decorrência dos acidentes, o que torna a situação ainda mais preocupante”, afirmou Michele.


De acordo com o Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga SP), no ano passado 15 óbitos foram registrados em Taboão da Serra, sendo 10 em vias municipais, destes 60% resultaram na morte do condutor, 20% na morte de  passageiros e 20% de pedestres. No município, 66,67% dos acidentes ocorreram em vias municipais e 33,33% em rodovia as principais causas de morte no trânsito foram por colisão, seguidos por choque e por atropelamento.

Em 2021, até agora já foram registrados 4 acidentes com  casos de óbitos, um a menos que no ano passado,  todos em vias municipais. Também foram registrados 167 acidentes não fatais, no mesmo período do ano passado, foram registrados 207 acidentes. A maior incidência dos casos ocorre aos finais de semana, nas noites de sexta-feira a domingo.