carregando...


Taboão da Serra, 07 de Julho de 2022

Taboão diz não ao trabalho infantil

Assistência Social e Cidadania

Atualizado em: 14/06/2022 11:06

Campanha tem objetivo de incentivar e orientar população sobre importância de denunciar a violação dos direitos das crianças e adolescentes que interfere na infância e atrapalha o futuro

 

O trabalho infantil é uma triste realidade que milhares de crianças e adolescentes enfrentam diariamente. A situação é tão grave que o dia 12 de junho foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. Para alertar e orientar a população sobre esse crime, a Prefeitura de Taboão da Serra, através da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (SAS), está realizando diversas ações em pontos estratégicos da cidade, por meio da campanha “Taboão diz não ao trabalho infantil”.

As primeiras ações ocorreram na sexta-feira, 10/06, no Shopping Taboão e no Maxxi Atacado. Nesta segunda-feira, 13/06, as iniciativas continuaram, sendo no período da manhã na Praça Nicola Vivilechio, no Jardim Bontempo, e à tarde na Praça Luiz Gonzaga, no Pirajuçara. Com distribuição de cata-ventos e folhetos de orientação, uso de faixas e até carro de som, os servidores da SAS recordaram que é preciso denunciar situações de trabalho infantil.

“O trabalho infantil é crime e quem apoia ou incentiva também é responsável, pois contribuí com a violação dos direitos dessas crianças ou adolescentes. Aqui em Taboão da Serra temos o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, o PETI, que promove ações integrativas para o atendimento dos jovens que são identificados nessa situação e também suas famílias”, explica o secretário de Assistência Social e Cidadania, Wagner Eckstein.

 



No Brasil, o trabalho infantil é proibido para jovens menores de 14 anos. A partir dessa idade só é permitido na condição de Jovem Aprendiz. O morador de Taboão da Serra que ver crianças e adolescentes trabalhando, seja em serviço externo ou um trabalho doméstico (quando o jovem assume a função de um adulto) deve denunciar a situação ligando para o Conselho Tutelar 4786-4815, para o Serviço de Abordagem Social 4139-1105 ou 4138-7155, para o Disque 100 - Diretos Humanos ou ainda para a Guarda Civil Municipal pelo 153.

A coordenadora do PETI, Celma Iguma recorda que “uma infância feliz e saudável não combina com trabalho. Toda criança e adolescente tem o direito de brincar, estudar e ter a possibilidade de sonhar. Por isso, quem presenciar alguma cena de exploração infantil precisa denunciar. É um trabalho de formiguinha, mas com a ajuda de todos poderemos erradicar o trabalho infantil em Taboão da Serra e no Brasil”.


Mais ações
A campanha “Taboão diz não ao trabalho infantil” seguirá nesta terça-feira, 14/06, no Largo do Taboão, próximo ao ponto das linhas de ônibus que integram o município à linha 4-Amarela do Metrô e ao futuro terminal Vai-Vem. Já na quarta-feira, 15/06, as ações de abordagem e orientações serão direcionadas aos moradores da região do Parque Pinheiros e CSU.


Serviço:

Secretaria de Assistência Social e Cidadania
Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI)

Rua Ananias Carmerindo Pires, 40/60, Jardim Panorama
Telefone: 4138-8040

Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS)
Serviço de Abordagem Social (SEAS)

Rua Milton Martins Moura, 30, Vila Francisco Remeikis
Telefones: 4139-1105 | 4138-7155

Conselho Tutelar de Taboão da Serra
Avenida Doutor José Maciel, 273, Jardim Maria Rosa
Telefone: 4787-3451

Direitos Humanos - Disque 100
Guarda Civil Municipal - 153