carregando...


Taboão da Serra, 16 de Agosto de 2022

Vítima aciona botão do pânico e GCM prende homem por descumprir medida protetiva

Segurança e Defesa Social

Atualizado em: 06/04/2022 12:04

Aplicativo SOS foi implantando pela Prefeitura de Taboão da Serra há uma semana e permite que mulheres com medida protetiva peçam socorro à GCM sem precisar fazer uma ligação

 

Na manhã desta quarta-feira, 06/04, a Guarda Civil Municipal (GCM) de Taboão da Serra conseguiu deter um homem que desrespeitou a medida protetiva contra a ex-companheira. A vítima é acompanhada pela Patrulha Guardiã Maria da Penha e utilizou o aplicativo SOS para solicitar ajuda quando percebeu que a própria vida estava em risco. A implantação do sistema é uma das medidas tomadas pelo Governo Municipal para ampliar a proteção às mulheres que são vítimas de violência.

O aplicativo para celular SOS funciona como uma espécie de botão do pânico, em que a vítima aciona quando há descumprimento da Medida Protetiva e está em risco. Ao apertar o botão, a Central de Operações e Inteligência (COI) da GCM de Taboão da Serra é notificada imediatamente, sabendo inclusive a localização exata da vítima. Taboão da Serra  é o primeiro município do Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo (Conisud) a implantar a ferramenta.

O subcomandante da GCM de Taboão, Nivaldo Menocci, explicou como foi possível deter o infrator. “Após a vítima apertar o botão, a nossa Central de Operações e Inteligência é acionada, toca uma sirene e aparece no computador a foto da vítima e do possível agressor. Como o aplicativo SOS é georreferenciado com GPS do celular da vítima, recebemos a localização dela, em tempo real. Ciente dessa informação, o COI acionou as viaturas mais próximas que foram até o local e conseguiram efetuar a prisão do indivíduo em flagrante. Ele foi levado à Delegacia de Defesa da Mulher para prestar esclarecimentos”, detalhou.

Para utilizar o botão do pânico, é necessário que o celular da vítima esteja conectado à internet. Caso contrário, o aplicativo SOS permite ligar para a Central 153 da GCM ou para o COI (4786-2852) para pedir socorro.

 

Na Central de Operações e Inteligência, a comandante da GCM Eliana exibe o aplicativo SOS



O secretário de Segurança e Defesa Social, Dr. Rodrigo Falcão, afirmou que o aplicativo SOS é disponibilizado às vítimas que possuem medida protetiva. “Esse aplicativo é instalado no celular das vítimas que, ao se sentirem em perigo, podem abrir o aplicativo e solicitar ajuda à GCM”, explicou. “Hoje a Patrulha Guardiã Maria da Penha acompanha aproximadamente 80 mulheres que possuem medida protetiva. Destas, cerca de 50% são casos com potencial para serem assistidas também através do aplicativo SOS. Já temos duas vítimas cadastradas e estamos apresentando a ferramenta para outras mulheres que são acompanhadas pela Patrulha Guardiã’, disse.

A comandante da GCM Taboão, Eliana Gonçalves Ribeiro, destacou que a ferramenta é de suma importância. “O aplicativo SOS nos ajuda a proteger ainda mais as mulheres que são acompanhadas pela Patrulha Guardiã Maria da Penha. Sabemos que muitas delas tem medo dos agressores, são ameaçadas por eles e até perseguidas. Esse aplicativo traz mais segurança às vítimas, uma vez que podem solicitar ajuda a nossa corporação. Basta abrir o aplicativo no celular e apertar o botão para pedir socorro”, destacou.